O Marketing já não é o que era há uma década atrás. Muito mudou nestes últimos anos, nomeadamente o perfil do consumidor. Face a isso, as empresas necessitaram de mudar a sua estratégia de Marketing para chegar ao seu público-alvo de uma forma mais consistente e apelativa. É desta mudança que tomamos como ponto de partida para a resposta à seguinte pergunta: qual é a melhor estratégia para a sua empresa: o OutBound Marketing ou o InBound Marketing?

Provavelmente nunca deve ter ouvido falar destes nomes, mas acredite: é fácil de perceber. Muito resumidamente, e usando uma analogia eficaz, o OutBound Marketing é um altifalante e o Inbound Marketing é um íman.

Ainda existem muitas empresas que não sabem distinguir ambas as estratégias de Marketing e pior ainda, não sabem qual devem adoptar para a sua empresa.

Antes de explicarmos cada uma das estratégias, tenha em atenção um pormenor: o OutBound Marketing não é uma estratégia para desprezar. Ambas as estratégias podem estar a funcionar ativamente, se assim fizer sentido para os objetivos definidos.

OutBound Marketing (Marketing Tradicional)

O OutBound é uma comunicação de sentido único: o objetivo passa por ir de encontro aos clientes, divulgar os produtos e serviços de uma forma de venda completamente direta, sem qualquer preocupação em educar/entreter o público. Os meios são essencialmente tradicionais como anúncios de TV e Rádio, Telemarketing, Revistas, Flyers, Outdoors, entre outros.

No entanto, com a vinda do digital, também podemos encontrar o Outbound Marketing em Emails, Pop-ups, anúncios do Youtube, etc.

Mas onde é que faz sentido usar o OutBound? Em um cenário de vendas e de grande massa. Grandes marcas como a NOS ou a Sonae, adoptam por esta estratégia para chegar aos seus clientes; no entanto, investir nesta estratégia de Marketing é bem mais dispendioso do que no Inbound Marketing.

Qual o ponto positivo? Bem, já ouviu falar em “não se apanham tubarões com redes de pesca”? Se quer apanhar um grande número de pessoas para verem o seu produto, de uma forma bem rápida, use o OutBound. No entanto, ter muitas pessoas a verem dos seus produtos não significa que os vá transformar em potenciais clientes. Nem todos os que viram os seus anúncios podem gostar ou estar minimamente interessados. Esse é o ponto fraco do OutBound, pois comunica para todas as pessoas em geral e não existe um público-alvo bem definido.

InBound Marketing (Marketing de Conteúdo)

É o oposto do OutBound: os clientes é que vão ter até si, e já com conhecimento dos seus produtos e serviços. É o ideal para quem não tem muito para poder investir. Veja só algumas das ações que pode fazer, seguindo a estratégia de InBound:

  • Atualizar o seu blog com artigos de valor;
  • Divulgar infografias sobre os seus produtos;
  • Fazer publicações nas redes sociais e fazer essa gestão;
  • Realizar vídeos profissionais e colocar online;
  • Otimizar o seu site (SEO);
  • Criar Newsletters para quem o acompanha.

Ainda não experimentou fazer nada disto? Então está na hora de pôr mãos à obra e vai ver que todo o esforço valerá a pena. O objetivo fundamental é tornar a sua empresa como um íman para o seu público-alvo, para resultar, é necessário gerar interesse em torno desse público com conteúdos de qualidade que provoquem valor para quem vê.

Mas alto aí! Para comunicar de forma correta, deve primeiro segmentar o seu público-alvo, sabendo quais são os seus interesses, dúvidas e desafios, para assim poder fornecer os melhores conteúdos de valor e assim gerar uma atração positiva entre um futuro cliente e a sua empresa.

Acredite, é muito mais fácil comunicar com uma pessoa já interessada e conhecedora dos seus serviços e do valor que você pode oferecer, do que com uma pessoa totalmente sem conhecimento da sua empresa.

Já ouviu falar no funil de vendas? É a forma mais simplificada de perceber como o InBound funciona! Descarregue grátis este PDF AQUI

Conclusão

Vamos resumir os dois conceitos num exemplo:

Imagine uma empresa a ligar a um potencial cliente, onde tenta vender-lhe os seus serviços e convencer-lhes que são serviços muito bons. Qual a probabilidade de esse potencial cliente se tornar mesmo cliente? (OutBound Marketing)

Agora imagine que um potencial cliente liga a essa mesma empresa. Liga com o motivo de que recebeu um email da empresa , fez uma pesquisa no google, viu uma publicação da empresa nas redes sociais, etc. e que mostra-se interessado nos serviços que a empresa fornece. Qual a probabilidade de esta pessoa interessada vir a ser cliente da sua empresa? (InBound Marketing)

Vendo estas duas situações, qual acha que dará mais certezas de ter um bom número de clientes? Provavelmente deve estar a pensar na segunda situação, pois ganha tempo e dinheiro, por não ser tão dispendioso. Nós também concordamos, no entanto, no momento em que as pessoas que lhe ligarem a mostrar-se interessadas, deve aplicar um pouco de estratégia OutBound no seu discurso, sendo direto o suficiente para poder cimentar as ideias do seu potencial cliente… e claro, mostre-se preocupado com a situação e mostre vontade de ajudar. Vai-se surpreender com o feedback do outro lado da linha.

Depois das explicações é normal que hajam questões como qual a melhor estratégia ou qual é a que devo usar para a minha empresa… Nós aconselhamos que tente usar um pouco das duas e integrá-los em vários contextos da sua empresa. Só assim pode tirar o máximo proveito do Marketing e conseguir ganhos incríveis!

Mesmo assim, é muito importante ter alguém que lhe defina a sua estratégia de comunicação e implementá-la de forma eficaz!

E é aí que nós entramos, para o ajudar a chegar ao topo! Contacte-nos!